Make your own free website on Tripod.com
Esterqueiras e Biodigestores
Esterqueiras para material Líquido

HOME

Classificação dos sistemas de tratamento
Esterqueira para material Líquido
Esterqueiras para material Sólido
Biodigestores
AUTORES

Esterqueiras para material líquido
Esse tipo de esterqueira, também conhecida   como chorumeira, é utilizada em propriedades que disponham de água em abundância para lavagem dos currais e de carretas-tanque para transportar a água servida até as lavouras ou pastagens.
A lavagem diária do estábulo, muito comum nas propriedades com boas condiçoes de higiêne, é uma exigência na produção de leite de melhor qualidade. A água servida é encaminhada por tubos ou canaletas diretamente para a esterqueira, localizada num nível mais baixo que o estábulo, de modo a possibilitar o escoamento do material por gravidade. Também é conveniente a construção de uma caixa de passagem, para ajudar na retirada de materiais sólidos que podem entupir a tubulação.
A chorumeira nada mais é que um reservatório onde a água servida é armazenada por alguns dias. Pode ser construída enterrada, reduzindo custos e facilitando a execução.
O dimensionamento dessas esterqueiras é feito considerando um volume de 100 litros por animal por dia, incluindo dejetos e a água de limpeza. Por exemplo, para 50 vacas entabuladas, a produção diária é de 5.000 litros ( 5 metros cúbicos). Portanto, para 3 dias de armazenamento, a chorumeira deve ter um volume total mínimo de 15 metros cúbicos (4,2m X 2,6m X 1,5m).
A água servida deve ficar, no máximo, 3 dias dentro da chorumeira. Por isso, periódicamente ela deve ser retirada por sucção, com a utilização de uma bomba acoplada    à tomada de força de um trator. Em locais inclinados, a carreta-tanque pode ser carregada por gravidade.
O fundo da chorumeira deve ter um rebaixo no piso, para facilitar a descarga. Também deve ser feita uma tampa de 60cm  X  60cm, para permitir o emprego de mangotes de sucção dos tanques coletores ou a execução de vistorias.
A construção da chorumeira começa pela escavação do buraco onde ela vai ficar.
O fundo do buraco deve ser bem compactado, nivelado e coberto com uma camada de 5cm de concreto magro, sobre a qual deve ser feita uma jaje de concreto armado de 10cm de espessura.
Uma maneira  fácil e econômica de construir as paredes desse tipo de esterqueira é usar blocos de concreto de 20cm de largura, reforçados com pilaretes e cintas, na base e no topo, previamente definidos no projeto.
Se a parede tiver mais de 1,6m de altura, também é preciso fazer uma cinta intermediária a meia altura.
A cinta de amarração no topo da parede é feita com blocos canaleta ( da mesma largura dos  blocos da parede), amarrados com dois vergalhões de 6mm de bitola.
As paredes internas da esterqueira devem ser revestidas com argamassa de impermeabilização, para evitar infiltrações.
O fechamento superior da chorumeira é recomendável, para eviar proliferação de moscas e acidentes ou quedas de animais no seu inteior. Pode ser usada uma laje maciça ou uma pré-moldada.

liq1.jpg

liq2.jpg